Casas de apostas

Os maiores contratos de material esportivo do mundo, com valores atualizados

Os maiores contratos de fornecimento esportivo

O fornecimento de material esportivo, de maneira igual à que ocorre no Brasil, também é fonte de receitas para os clubes do exterior (inclusive, foi lá que essa iniciativa se popularizou, nos anos 70, quando o Bayern de Munique retirou o distintivo do clube para estampar a marca da Adidas). Esse não foi o primeiro caso no futebol, mas é emblemático por ser a primeira grande equipe a usar essa estratégia.

E se você está pensando em apostar, confira aqui mesmo nossa lista com as melhores casas de apostas.

Hoje as marcas competem entre si pelo fornecimento para grandes equipes do exterior, que vendem milhões de camisas ao redor do mundo e geram cada vez mais divisas tanto para fabricantes quanto para os clubes, num modelo bastante favorável para todos os envolvidos. Se no Brasil o Flamengo ganha R$69 milhões ao ano com a marca alemã, nos times do exterior a soma é muito maior justamente pelo fato de ter equipes reconhecidas no mundo todo.

Aposte já na UEFA Champions League

bwin oddsPara ser campeão da Champions League 2023/2024
Manchester City2.75
Arsenal5.50
Real Madrid7.00
Bayern de Munique7.50
PSG9.00
Barcelona10.50
Atlético de Madrid12.00
Borussia Dortmund21.00



Real Madrid e Adidas

Achou o contrato do Flamengo alto? Pois então saiba que o Real Madrid tem o maior contrato de fornecimento do mundo com a Adidas, que rende a bagatela de 110 milhões de euros por ano. Esta, é claro, é apenas mais uma das gigantescas fontes de receitas que os merengues recebem para fazer deste um dos maiores (senão o maior) e melhores times do mundo, com uma das marcas mais reconhecidas. Além disso, se você quiser pode apostar nos grandes jogos da La Liga.

Manchester United e Adidas

O United recebe 105 milhões de euros também da Adidas, mostrando como a marca é forte no mundo do futebol. De fato, essa parceria tem um preço que reflete não apenas o que o United pode oferecer à empresa, mas se considerarmos que por 13 anos foi a Nike quem forneceu os materiais para os Red Devils (parceria essa que acabou em 2015), é possível entender também o porquê deste valor. E também é possível apostar nos jogos da Premier League.

Barcelona e Nike

A parceria entre esses dois gigantes foi iniciada em 1998, e hoje rende aos blaugranas os mesmos 105 milhões de euros que o United recebe. Entretanto, isso pode estar perto de um fim, pois parte desse acordo (em torno de 20 milhões) são bônus que a diretoria do Barça considera difíceis de alcançar.

Assim, o presidente Joan Laporta estaria disposto a aceitar uma proposta da Puma que gira em torno de 120 milhões de euros ao ano, o que seria o maior valor do mundo para fornecimento de material esportivo, ou até mesmo fazer uma marca própria. Entretanto, esse assunto ainda vai render bastante uma vez que o contrato com a Nike dura até 2028.

Arsenal e Adidas

A Adidas entra novamente para a nossa lista com o Arsenal, embora pague uma quantia ligeiramente menor aos Gunners do que aos outros times listados aqui. São 85 milhões de euros anualmente, numa parceria que começou em 2019 – e dessa vez a marca alemã destronou sua arquirrival, a Puma, que tinha estampado sua marca no uniforme do time londrino por 5 anos até então.

PSG e Nike

O clube da capital francesa recebe 80 milhões de euros por ano da gigante americana, ajudando a equilibrar a diferença entre os times que vimos até aqui. Obviamente que dinheiro não é um problema para os sheiks que investem no clube, mas certamente a equipe não receberia esses valores se não existisse essa outra parceria.

Adicionalmente, vez ou outra a Nike também aproveita para divulgar sua subsidiária, a Jordan (criada em conjunto com o astro do basquete, Michael Jordan), no unifome do PSG. Além disso, também é possível apostar nas partidas da Ligue 1.

Manchester City e Puma

A primeira vez que a arquirrival da Adidas aparece na nossa lista é com o Manchester City. O atual campeão da UEFA Champions League recebe 75 milhões de euros por ano com a marca alemã, mas sendo também um time que cresceu muito com o dinheiro árabe, os resultados dos últimos anos mostram que nem sempre o valor recebido em material esportivo se reflete em títulos (vide seus rivais do United).

Chelsea e Nike

O Chelsea teve seu fornecimento de material esportivo feito pela Adidas por mais de 10 anos, mas isso acabou em 2017, quando acertou com a Nike. Hoje, os londrinos recebem 70 milhões de euros por temporada, e mesmo estando em um período de reconstrução onde não vem ganhando muitos títulos, a venda de camisas segue muito forte.

Bayern de Munique e Adidas

O primeiro assunto da nossa lista foi justamente o fornecimento da Adidas para o Bayern, e essa parceria é uma das mais duradouras do esporte, já que ocorre desde aquela época. Os bávaros recebem 60 milhões de euros por temporada, e essa é uma parceria que dificilmente terá um fim, já que a própria Adidas detém 8.33% das ações do Bayern (mesma quantia da Allianz e também da Audi).

Os 75% restantes correspondem ao próprio Bayern, que tem um modelo associativo bastante tradicional e que também é aprovado pela maior parte dos alemães, que prezam pela independência dos clubes.

Os melhores bônus para apostar nos campeonatos europeus

10bet-560x160-white
50% de Bônus Até R$ 1,000
Aposte com Pix no Futebol e muito mais
pixbet-white-560x160
Ganhe R$ 12 por Cada Palpite Certo
ivibet-white-560x160
Bônus de Boas-Vindas: 100% Até R$ 900

Conclusão

Como podemos ver, o fornecimento de material esportivo não se resume apenas a valores financeiros, mas também em expandir as marcas - tanto de clubes como de empresas - mundo afora. A estratégia tem dado certo e os gigantes europeus tem faturado cada vez mais, num projeto de estruturação de marca muito bem feito (que infelizmente não encontra paralelo no futebol brasileiro).

E sempre que você quiser, pode buscar aqui  mesmo a programação esportiva na TV, além de palpites para melhorar suas apostas e também as últimas notícias do esporte.

pixbet-black-560x160
O melhor lugar para apostar no futebol europeu
aposte aqui

Uma introdução ao histórico professional deste redator, que ama esportes como o futebol, mas também não deixa de lado a boa e velha NFL, além de esportes a motor

Artigos relacionados

crise corinthians vasco

Vasco e Corinthians passam por momentos ruins dentro e fora de campo

A organização de um clube é algo extremamente importante – e no Brasil isso tem um peso ainda maior, já que os clubes mais bem organizados é que tem conseguido bons resultados nos últimos anos. Entretanto, Vasco e Corinthians seguem o caminho contrário, se atolando cada vez mais em um abismo que parece não ter fundo.

Close