Casas de apostas

Mundo do futebol começa 2024 mais triste sem Zagallo e Beckenbauer

Zagallo e Beckenbauer deixam uma história gigantesca

Nem bem começamos o ano e logo de cara já temos duas tristes notícias: as mortes de Mário Jorge Lobo Zagallo e Franz Beckenbauer, num intervalo de apenas dois dias entre si. Os dois marcaram o mundo do futebol e também as trajetórias do esporte em seus países, cada qual a seu modo, mas ambos com uma importância muito grande e simbolismo gigante para suas respectivas nações. Vamos então falar um pouco sobre suas trajetórias.

De seleções a clubes e passando também por cargos fora do campo, Zagallo e Beckenbauer deixam uma marca indelével no mundo do futebol, inclusive passando pela história da Copa do Mundo, onde ambos tiveram participações também dentro e fora das quatro linhas. Assim, veremos aqui um pouco do que cada um nos deixou.

Faça já suas apostas na Eurocopa

Apostas no campeão da Eurocopa 2024
Inglaterra4.50
França4.50
Alemanha7.00
Espanha8.00



Dois símbolos em suas nações 

Antes de mais nada, iremos lembrar aqui que Zagallo e Beckenbauer se enfrentaram apenas uma vez, em um amistoso entre Alemanha x Brasil, em 1973. O jogo, realizado em Berlim, teve uma vitória do Brasil por 1x0, em um jogo que garantiu a continuidade de Zagallo como treinador da seleção, enquanto o Kaiser ainda era jogador.

Naquela altura, o Brasil ainda era o atual campeão mundial, mas já passava por uma reformulação e não contava mais com Pelé, que não voltaria a disputar uma copa. Ao mesmo tempo, a Alemanha já tinha jogadores que fariam parte do time que conquistaria a competição em 1974, como Paul Breitner, Gerd Muller e Sepp Maier. Embora fosse um jogo amistoso, tinha um peso pelo tamanho das camisas envolvidas. Inclusive, você também pode apostar em competições de seleções, como a Euro ou a Copa América de 2024.

Zagallo e seu amor pelo futebol

O Velho Lobo teve seu início no esporte jogando pelo América-RJ, onde jogou pelas categorias de base. Ele era talentoso não apenas no futebol, mas também no tênis de mesa, onde chegou até mesmo a ganhar campeonatos (o que demonstrava sua aptidão atlética). Apesar disso, seu pai, Aroldo, não apoiava tanto que o filho tivesse uma carreira esportiva, mas foi convencido por seu outro filho, Fernando, a deixar que o jovem seguisse neste caminho.

E deu certo. Pouco depois, em 1950, Zagallo se transferia para o Flamengo, onde jogou por sete temporadas e conquistou três campeonatos cariocas (os estaduais eram as grandes competições da época). As boas atuações o levaram para a Copa do Mundo de 1958, onde ajudou a trazer a taça para o Brasil, sendo titular em uma equipe que tinha nomes como Pelé, Garrincha, Nilton Santos e vários outros craques.

Porém, com a demora do Flamengo em oferecer um novo contrato, ele se transferiu para o Botafogo, que ao lado do Santos tinha um dos grandes esquadrões da época. Ali, ganhou dois campeonatos estaduais, além de dois torneios Rio-São Paulo, entre outros. Ele também ajudou o Brasil a conquistar o bicampeonato da Copa do Mundo, em 1962. Como podemos ver, era um jogador de grande qualidade.

Ademais, também já é possível apostar em campeonatos estaduais.

Carreira como técnico

Sua carreira como técnico também é cheia de títulos, inclusive por Botafogo e Flamengo, mas tem como maior destaque o título da Copa de 1970. É bem verdade que o Brasil tinha uma grande seleção (para muitos, a melhor da história), mas isso não quer dizer que ele também não tivesse importância.

E, por mais que tivesse fracassado em 1974 e 1998, é inegável que Zagallo deixou sua marca na seleção. Ele tem quatro títulos de Copa do Mundo, os já citados em 1958 e 1962 como jogador, 1970 como treinador e 1994 como coordenador técnico, sendo o único a atingir esta marca. Mais do que isso, Zagallo sempre se orgulhou em defender o Brasil, algo que poderia ser ensinado a muitos jogadores da atualidade, e este é seu grande legado.

Além disso, se quiser você também pode  apostar nos melhores campeonatos internacionais.

Beckenbauer, o maior da Alemanha

Definir Beckenbauer como o Pelé alemão não seria nenhuma ofensa ao Rei, mas ele foi até mais longe do que isso. O brasileiro é o maior jogador da história, mas após sua aposentadoria ele não esteve mais tão envolvido no futebol, ao contrário de Beckenbauer. A carreira do alemão como jogador é impressionante, e além da Copa de 74, ele fez do Bayern de Munique uma potência ao conquistar quatro campeonatos alemães e três Ligas dos Campeões.

Isso tudo numa época em que o campeonato alemão era diferente do que conhecemos hoje, com mais equipes disputando o título num futebol onde o dinheiro tinha uma influência menor. Ele também conquistou uma Copa do Mundo como treinador (além dele e Zagallo, apenas Deschamps conseguiu este feito com a França), além de ganhar o campeonato alemão como treinador também pelo Bayern.

Além disso, o Kaiser foi presidente do time bávaro por um longo tempo, desde que se aposentou como treinador em 1996 até 2009, quando se tornou presidente honorário do clube. Adicionalmente, ele também trabalhou como comentarista esportivo, e como era de se esperar, seus comentários sempre repercutiam muito no futebol alemão. Sua contribuição e legado na história do esporte são gigantescos.

Você também pode acompanhar as últimas notícias do esporte, e se tiver interesse, também é possível acessar palpites para os jogos em que você pretente apostar.

Os melhores bônus para casas de apostas em 2024

betway-white-560x160
Até R$ 120 em Aposta Grátis e 25 Rodadas Grátis no Cassino
bet365-white-560x160
Bônus de Registro de 50% Até R$ 500
pixbet-white-560x160
Ganhe R$ 12 por Cada Palpite Certo

Conclusão

Falamos aqui um pouco sobre o que Zagallo e Beckenbauer fizeram dentro e fora dos campos, seu legado, sua trajetória e títulos, mas nada disso supera o amor que essas duas figuras tiveram pelo esporte, dedicando a ele a maior parte de suas vidas, algo que não pode ser desprezado e deve ser sempre levado para as futuras gerações.

pixbet-black-560x160
As melhores cotações para suas apostas
Aposte aqui

Uma introdução ao histórico professional deste redator, que ama esportes como o futebol, mas também não deixa de lado a boa e velha NFL, além de esportes a motor

Artigos relacionados

crise corinthians vasco

Vasco e Corinthians passam por momentos ruins dentro e fora de campo

A organização de um clube é algo extremamente importante – e no Brasil isso tem um peso ainda maior, já que os clubes mais bem organizados é que tem conseguido bons resultados nos últimos anos. Entretanto, Vasco e Corinthians seguem o caminho contrário, se atolando cada vez mais em um abismo que parece não ter fundo.

pixbet-black-560x160
Aposte a partir de apenas R$ 1 via Pix
Aposta
Close